17 maio 2016

FUNÇÕES DA LINGUAGEM
















































************************************************************

O HOMEM EM DESEQUILÍBRIO


"O homem mata a mata, o homem mata o homem, o homem se mata, o homem é a desgraça do homem."


 (Henrique de Souza - Aluno do 2°ano - SENAI - Sul)


********************************************************

16 maio 2016

LISTA DE EXERCÍCIOS DE COLOCAÇÃO PRONOMINAL



01. Aponte o erro de colocação pronominal.

A) Quero-lhe bem, meu caro sobrinho!
B) O que me disseram está errado.
C) Me empreste o lápis.
D) Embora o aguardasse, não tinha esperança.
E) Não o vi durante a cerimônia.

02. “Farei-te um bom preço, mas não me fales sobre isso a ninguém.”

Em relação à colocação pronominal, podemos afirmar que:
A) Farei-te está correto.
B) Não me fales está errado.
C) Não me fales é certo, assim como não fales-me.
D) Não há erro de colocação.
E) Farei-te está errado.

03. Assinale a frase com erro de colocação.
A) Assim que o avistamos, fomos a ele.
B) Traga-me aquilo.
C) Roberto, me perdoe.
D) Fá-lo-ás sorrir de novo.
E) Espero que te avisem.

04. Aponte a frase sem erro de colocação.
A) Desejo lhe contar algo.
B) Te maltrataram?
C) Marcos ainda não levantou-se.
D) Levarei-o logo.
E) Tudo agrada-lhe naquela casa.

05. Assinale o uso gramaticalmente correto da colocação pronominal.

A) Não me quiseram avisar ou não o puderam fazer.
B) Nunca dirão-me a verdade!
C) Nos veremos ainda hoje!
D) Saí sem que notassem-me a falta.
E) Não faltar-te-ei com a verdade.


06. Assinale a alternativa que apresenta erro de colocação pronominal
A) Alguém me disse que tu amas novamente.
B) Esvaindo-se em sangue, o criminoso conseguiu pôr-se a salvo.
C) Em se tratando de dificuldades, ele sempre se portava com a maior dignidade possível.
D) Diria-te toda a verdade, se dissesses-me por que te perseguiam.
E) 
Nada nos foi informado sobre a realização dos exames finais.

07. Em que alternativa NÃO há erro na colocação do pronome? 
A) Preciso vê-lo, me disse o rapaz.
B) Este é um trabalho que absorve-se muito.
C) Far-se-á tudo para que se salvem.
D) Não arrepender-se-ia por dizer a verdade.
E) Em pondo-se o sol, os pássaros debandam.

08. Indique a estrutura verbal que CONTRARIA a norma oculta:

A) Ter-me-ão elogiado por meus talentos.
B) Tinha-me lembrado de seus filhos.
C) Teria-me lembrado de seus filhos.
D) Temo-nos esquecido de nossos deveres.
E) Tenho-me alegrado com essas atividades.

09. Assinale a alternativa incorreta quanto à colocação pronominal:                                                                         

A) Amanhã, contar-lhe-ei o grande segredo.
B) Pedimos-lhe um favor e ele não o fez.
C) Ali se vendem relógios.
D) Ninguém dar-se-ia bem naquele trabalho.
E) Prometi-lhe dedicar-me aos estudos.

10. Em qual frase não se cometeu erro de colocação pronominal?
A) Fomos à porta, para que vissem-nos ali.
B) Sei que falaram-lhe de mim.
C) Antônio se atrasou.
D) Já pedes-me isso?
E) Toda aquela correria, por certo, tinha cansado-me.

11. Quanto à colocação pronominal:
I. Eu nunca direi-lhe o que nos aconteceu.
II. Quem convidou-o para a festa ?
III. Não tenho certeza se as cumprimentei.
IV. Pedir-lhe-ei um favor.
A) Todas as frases estão corretas
B) estão corretas as frases I e II
C) estão corretas as frases III e IV
D) somente a frase III está correta
E) todas as frases estão incorretas

12. Assinale a frase com ERRO de colocação pronominal:
A) Tudo me era completamente indiferente.
B) Ela não me deixou concluir a frase.
C) Este casamento não deve realizar-se.
D) Ninguém havia lembrado-me de fazer as.reservas. 
E) Que Deus te acompanhe por toda a vida.

13. "Não dir-te-ei o que agrada-te; direi-te, sim, a verdade!"
A colocação pronominal da frase em questão transgride as regras gramaticais para o uso dos pronomes oblíquos átonos. Tem-se a frase devidamente corrigida na alternativa:
A) "Não direi-te o que agrada-te; direi-te, sim, a verdade!" 

B) "Não dir-te-ei o que agrada-te; te direi, sim, a verdade!"
C) "Não te direi o que te agrada; dir-te-ei, sim, a verdade!"

D) "Não dir-te-ei o que te agrada; dir-te-ei, sim, a verdade!" 
E) "Não te direi o que te agrada; te direi, sim, a verdade!" 

14. Segundo o padrão do português culto, há ERRO quanto à colocação do pronome oblíquo átono em: 
A) Agora se queixavam muito do envolvimento de todos. 
B) Dir-se-ia a verdade se não fosse sob tortura? 
C) Despedimo-nos das pessoas mais importantes do setor.
D) Tinha informado-a do fato antecipadamente.
E) Quem se arrependerá de ter chegado mais cedo? 

15. A substituição do termo em negrito NÃO se fez adequadamente em: 
A) Daremos a ele todas as oportunidades. Dar-lhe-emos todas as oportunidades. 
B) Fizemos o trabalho como você orientou. Fizemo-lo como você orientou. 
C) Acharam os livros muito interessantes. Acharam-nos muito interessantes. 
D) Refaremos a lição porque está errada. Refá-la-emos, porque está errada. 
E) Enviamos cartas a vocês. Enviamos-lhes a vocês.

16. Substituindo os complementos verbais sublinhados pelo pronome pessoal oblíquo correspondente, teríamos a sequência adequada indicada na alternativa:
l. Coloquem as mesas no lugar.
II. Enviamos lembranças a todos. 
III. Refez a tarefa que lhe foi determinada. 

A) I. Coloquem-lhes; II. Enviamos-lhes; III. Refê-la. 
B) I. Coloquem-nas; II. Enviamos-nas; III. Refez-na. 
C) I. Coloquem-nas; II. Enviamo-las; III. Refê-la. 
D) I. Coloquem-las; II. Enviamos-as; III. Refez-a. 
E) I. Coloquem-lhes; II. Enviamos-lhes; III. Refez-lhe

17. Assinale com V a colocação verdadeira e com F a colocação falsa dos pronomes oblíquos átonos, nos períodos abaixo:
(   ) Ele não me havia informado muito bem a respeito da tarefa.
(   ) Talvez a luz contínua e ofuscante tenha afetado-me a visão.
(   ) Ninguém se retirará antes do encerramento da reunião.
(   ) Tudo me parecia bem até que me alertaram do perigo que eu corria.
(   ) Em tratando-se de artes, preferimo-la a qualquer outra atividade.
(   ) Se se soubesse a verdade, não mais me criticariam.

Entre Verdadeiras e Falsas, A sequência correta é:

A) F, F, V, V, V, V
B) V, V, F, F, V, F
C) F, V, F, V, F, V
D) F, V, F, F, V, F
E) V, F, V, V, F, V

18. Assinale a frase perfeita quanto à colocação pronominal. 

A) Dá-me uma posição definitiva sobre o que aflige-te nesse processo. 
B) Tudo mostrava-me o perigo daquela situação. 
C) Não te preocuparei com coisas banais nem dir-te-ei futilidades. 
D) Haviam-na informado de tudo nos mínimos detalhes. 
E) Não tenho certeza se recordam-se ainda das regras gramaticais.

19. “Buscar a racionalização e redução de custos que poderão refletir-se beneficamente sobre os preços futuros.” 

Das alterações processadas na parte sublinhada da passagem acima, aquela em que a colocação do pronome átono contraria a norma gramatical vigente no Brasil é: 

A) que deveriam se refletir 
B) que deveriam ter-se refletido 
C) que estarão-se refletindo 
D) que se deveriam refletir 
E) que se estarão refletindo

20. Há ERRO no emprego do pronome em:

A) Avisamo-lo de que aquilo era perigoso.
B) Respeitá-lo-ei sempre que possível.
C) Vou visitar-lhe na próxima semana.
D) Obedecê-las-ia, se fossem sinceras.
E) Dir-lhe-ei apenas a verdade dos fatos. 

*****************************************************

GABARITO: 1C - 2E - 3C - 4A - 5A - 6D - 7C - 8C - 9D
10C - 11C - 12D - 13C - 14D - 15E - 16C - 17E - 18D - 19C - 20C 

*****************************************************

LISTA DE EXERCÍCIOS - CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL

01. Analise as frases abaixo:

I – Ela tomou atitudes o mais sensatas possível.
II – Era meio-dia e meio quando um e outro estudante esforçado viram caros livros na livraria.
III – É necessário, sob qualquer aspecto, a atenção de todos os alunos.
IV – Comprei livros e frutas maduras.
V – Havia ali sapatos e camisas importados.
VI – Os militares vigiam alertas, pois chegam a eles meias notícias de que o primeiro e segundo batalhões pretendem mesmo entrar em greve.

Julgue os itens com base nas frases analisadas e assinale a alternativa correta:
A. A frase I está incorreta e há duas possibilidades de corrigi-la.
B. Há apenas duas frases incorretas entre todas.
C. A frase IV, por apresentar substantivo masculino, poderia ter o adjetivo também no masculino.
D. Há apenas um erro de concordância na frase II.
E. Em virtude de o substantivo estar determinado, na frase III, deveria ser usado “necessária”.

02. Levando em consideração as regras de concordância nominal, assinale a alternativa correta:
A. Quando a senhora terminou de abrir as malas, já era meio-dia e meio, mas tinha ainda menos fome.
B. A própria sogra presenciou a abertura das malas; sim, ela mesmo!
C. Anexo àquela carta, destinada ao pai da moça que fora atropelada, foram enviadas as joias.
D. Ao final da tarde, a senhora mostrava-se meio cansada, tal quais suas pobres filhas.
E. O delegado fizera bastante ameaças, dizendo que as mentiras custariam caras aos suspeitos.

03. Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal.
A) Queria voltar a estudar, mas faltava-lhe recursos para tanto
B) Foi então que começaram a chegar um pessoal estranho.
C) Outras razões, certamente, deve haver para ele ter desistido.
D) Não haviam exceções neste caso, mas houveram em outros.
E) Basta-lhe dois ou três dias para resolver isso.

04. " De repente da calma fez-se o vento / Que dos olhos desfez a última chama / E da paixão fez-se o pressentimento / E do momento imóvel fez-se o drama."  

(Vinícius de Morais)

Com a palavra VENTO no plural, reescreveríamos, obrigatoriamente, os versos iniciais da seguinte forma:
A) De repente da calma fizeram-se os ventos / Que dos olhos desfizeram a última chama
B) De repente da calma fez-se os ventos / Que dos olhos desfizeram a última chama
C) De repente da calma fizeram-se os ventos / Que dos olhos desfez a última chama
D) De repente da calma fez-se os ventos / Que dos olhos desfez a última chama
E) De repente da calma fazem-se os ventos / Que dos olhos desfaz a última chama

05. Só não está correta a concordância verbal na alternativa:
A) Os alunos parecia gostarem do assunto da prova.
B) Em tempos antigos havia mais homens machistas do que hoje.
C) Pede-se que todos permaneçam em seus lugares.
D) Nestas salas já se assistiram a grandes eventos.
E) Foram eles quem pediu ao professor uma prova mais difícil.

06. Assinale a alternativa incorreta quanto à concordância verbal:
A) Soavam seis horas no relógio da matriz quando eles chegaram.
B) Apesar da greve, diretores, professores, funcionários, ninguém foi demitido.
C) José chegou ileso ao seu destino, embora houvesse muitas ciladas em seu caminho.
D) O advogado referiu-se aos artigos 37 e 38 que ampara sua petição.

E) Nestes tempos, precisa-se de políticos íntegros.

07. Observe a concordância verbal nas frases a seguir e assinale a alternativa correta:
I- Qual de nós contaremos a verdade?
II- Boa parte dos funcionários recebeu aumento salarial.
III- No relógio da escola bateu dez horas, foi quando os alunos saíram para o recreio.
IV- Não devem haver muitas áreas verdes neste bairro.

A) Somente a frase I está correta.
B) Somente a frase II está correta.
C) As frases I e II estão corretas.
D) As frases II e III estão corretas.
E) As frases III e IV estão corretas.

08. De acordo com as regras de concordância verbal do padrão escrito culto, assinale a alternativa incorreta.
A) A maioria dos brasileiros já viveu situações violentas no cotidiano.
B) Sem dúvida, deve haver formas de combater pacificamente a violência.
C) No artigo em análise, tratam-se de questões referentes à origem histórica da violência.
D) Faz séculos que se verificam situações de opressão na sociedade brasileira.
E) Sempre se ouvirão pessoas bradando contra o comodismo.

09. Apenas uma alternativa preenche corretamente os espaços das sentenças abaixo. Assinale-a:
 “Aquelas mulheres olhavam _______ porque queriam aproveitar a liquidação e comprar ________ vestidos _________”.  
A. alertas, bastantes, bege.
B. alerta, bastante, beges.
C. alerta, bastantes, bege.
D. alertas, bastante, beges.
E. alerta, bastantes, beges.

10. A frase em que a concordância nominal está correta é:
A) A vasta plantação e a casa grande pintadas há pouco tempo eram os sinais da prosperidade familiar.
B) Eles, com ar entristecidos, dirigiram-se ao salão onde se encontravam as vítimas do acidente.
C) Não lhe pareciam útil aquelas plantas esquisitas que ele cultivava em sua chácara.
D) Quando foi encontrado, ele apresentava feridos a perna e o braço direitos, mas estava totalmente lúcido.
E) Esses livro e caderno não são meus, mas poderá ser necessário para a pesquisa que estou fazendo.

11. Assinale a alternativa errada:
A) O escritor e o mestre alemães admiravam o belo quadro.
B) Estudaram o idioma francês e o espanhol.
C) Os deputados e o ministro alagoanos votaram contra o projeto.
D) Os argumentos e as opiniões expostos não agradaram à plateia.
E) Considero fácil as questões e testes propostos na prova.

12.  Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal.
A) Queria voltar a estudar, mas faltavam-lhe recursos.
B) Foi então que começaram a chegar um pessoal estranho.
C) Devem haver outras razões para ele ter desistido.
D) Não haviam exceções neste caso.
E) Basta-lhe dois ou três dias para resolver isso.


13. A alternativa que contém forma verbal INADEQUADA à norma culta é: A) Já faz dois meses que não nos vemos.
B) Tratam-se de assuntos triviais, pensem em coisas sérias!
C) Choveu três dias sem parar um minuto. 
D) Nessa cidade, faz frio e calor no mesmo dia. 
E) Pelo que nos consta, deveriam existir duas páginas ilegíveis.

14. A única frase em que NÃO há erro de concordância verbal é:
A) É da maioria dos estudantes que depende, pelo que nos falaram os professores, as alterações do calendário escolar.
B) Acredito que deve haver, ao que tudo indica, acomodações para mais de um terço dos convidados.
C) Se tiver de ser decidido, no último instante, as questões ainda não discutidas, não me responsabilizo mais pelo projeto.
D) Houvesse sido mais explícitos com relação às normas gerais, os coordenadores de programa teriam evitado alguns abusos.
E) Será que não foi suficiente, neste tempo todo, as provas de fidelidade que lhes demos?
                                                        
15. Assinale a alternativa ERRADA:
A) Nas festividades havia muitos convidados.
B) Precisa-se de doadores de sangue.
C) Assistiam-se a bons espetáculos naquele teatro.
D) Buscam-se novas saídas para a crise econômica.
E) Foram eles quem pediu por esta reviravolta.

16. Assinale a alternativa em que a nova redação das frases abaixo está de acordo com a norma culta.
"Não existe estudo científico" / "Há diversas explicações".

A) Não devem existir estudos científicos / podem haver diversas explicações.
B) Não devem haver estudos científicos / pode existir diversas explicações.
C) Não há estudos científicos / existe diversas explicações.
D) Não existem estudos científicos / pode haver diversas explicações.
E) Não pode existir estudos científicos / deve haver diversas explicações.

17.  A frase em que a concordância verbal NÃO respeita a norma culta é:
A) Não bastam, para entendermos o século XXI, referências às conquistas tecnológicas e científicas.
B) Foram herdados do passado muitos traços dos comportamentos atuais, inclusive o que permitiu, neste século, a perseguição aos judeus.
C) Quanto mais separados os saberes, mais se fortalecerão, com toda certeza, os que estão no poder. 
D) Colocam-se em questão, neste século, aspectos importantes acerca da sobrevivência do planeta. 
E) Decorre do bem-estar (de que ninguém mais quer abrir mão) vários dos problemas que hoje atingem a humanidade.

18. A opção em que há erro de concordância verbal, segundo as normas da língua culta, é:
A) Descobriram-se muitos inventos novos na última década.
B) É preciso que se realizem esforços para se atingir um plano de desenvolvimento integrado.
C) Foi necessário que se estendesse as providências até alcançar os menos favorecidos.
D) Nada se poderia realizar sem que se tomassem novas medidas.
E) Desenvolveu-se o novo projeto de que todos estavam necessitados.

19. Indique a alternativa em que há erro:
A) Os fatos falam por si sós.
B) A casa estava meio desleixada.
C) Os livros estão custando cada vez mais caros.
D) Seus apartes eram sempre os mais pertinentes possíveis.
E) Era a mim mesma que ele se referia, disse a moça.

******************************************************* 
GABARITO: 1E - 2D - 3C - 4A - 5D - 6D - 7B - 8C - 9C - 10D - 11E - 12A - 13B - 14B - 15C - 16D - 17E - 18C - 19C.

*******************************************************


. 

06 maio 2016

A PODRIDÃO DO MUNDO




"NÃO TE ESPANTES DIANTE DA PODRIDÃO DO MUNDO; SÃO OS PODREROSOS QUE O GOVERNAM !"

****************************************